Posts

Substância de plantas transformada em fibra para peças de automóveis

Cientistas transformaram uma substância que existe nas paredes das células das plantas, a lignina, em fibra de carbono para produzir peças de automóveis e aviões resistentes e de baixo custo.

Ligada à celulose, um dos principais constituintes destas paredes que é usado no fabrico de papel, a lignina confere às árvores rigidez, impermeabilidade e resistência a ataques microbiológicos, mas tem sido subaproveitada porque frequentemente é queimada para gerar energia em biorefinarias ou é lançada em aterros sanitários.

A fibra de carbono utilizada atualmente nos automóveis e aeronaves é geralmente feita de poliacrilonitrila, uma resina sintética cara e não reutilizável.

Para criar uma fibra de carbono duradoura e barata, uma equipa de investigadores da Universidade Estatal de Washington, nos Estados Unidos, misturou lignina com poliacrilonitrila em diversas quantidades, anunciou a Sociedade Americana de Química.

Fonte: jn.pt