Hitech e.go: carro elétrico de fibra de carbono chega em janeiro a partir de R$ 89.000

A empresa paranaense Hitech Electric divulgou através das redes sociais que estará trazendo um novo carro elétrico a partir de janeiro de 2018. O modelo é chamado e.go, mas esse não tem relação com a marca alemã e.Go – com seu modelo Life – mas com a chinesa Aoxin, que tem um interessante modelo chamado e-Go. No teaser divulgado, ao se melhorar a foto escurecida, é possível ver os detalhes do carrinho asiático.

hitech-teaser Hitech e.go: carro elétrico de fibra de carbono chega em janeiro a partir de R$ 89.000

Agora, a promessa da Hitech é o e.go, que terá velocidade máxima de 120 km/h e autonomia variando de 180 km a 350 km, dependendo do tipo e capacidade da bateria utilizada. No caso das versões de entrada, a bateria será de chumbo-ácido Gel e nas mais caras, íons de lítio. O destaque é o preço, que começará em R$ 89.000.

De acordo com a Hitech, o e-go pode ser recarregado totalmente entre 6h e 8h, dependendo da voltagem local. Segundo a empresa, o custo para recarga na cidade de Curitiba é de R$ 6,50 para 180 km de autonomia, no caso com baterias de chumbo-ácido gel. No caso da versão com íons de lítio, as células permitem a recarga em carregadores rápidos de alta potência e o tempo de recarga varia de 30 minutos até 2h (completa), com custo estimado entre R$ 6,00 e R$ 9,00 para até 350 km de alcance, o que é realmente muito bom.

hitech-truck Hitech e.go: carro elétrico de fibra de carbono chega em janeiro a partir de R$ 89.000

A empresa destaca também a isenção ou redução de IPVA em muitas cidades e estados, bem como isenção de rodízio municipal em São Paulo. Como já mencionado, a Hitech já comercializa dois modelos elétricos de baixa performance e em breve pretende também vender utilitários leves elétricos, que também são fabricados pela chinesa Aoxin. Mas o que seria realmente o e.go e por que ele é bem mais interessante do que aparenta?

Essa companhia é mais uma entre uma infinidade de fabricantes de carros elétricos na China. Aparentemente, ela anda chamando atenção fora do país, inclusive nos EUA. O motivo é o elétrico subcompacto e-Go. Visualmente, ele parece mais um dos carrinhos baratos com qualidade e segurança duvidosos feitos na China. Parece até feito de fibra de vidro com um chassi de aço “meia boca”. Tudo para ser barato e ganhar espaço no mercado internacional.

hitech-ibis Hitech e.go: carro elétrico de fibra de carbono chega em janeiro a partir de R$ 89.000

Mas, buscando por mais informações da Aoxin e desse projeto, descobre-se que o e-Go é um pequeno lobo em pele de cordeiro. Sua aparência engana muito, pois a carroceria realmente é feita em fibra, mas de acordo com a empresa, essa não é de vidro e sim de carbono. Isso mesmo, o famoso material composto dos superesportivos de alta performance. Um vídeo nos EUA mostra o impacto de uma marreta sobre a estrutura do carrinho em comparação com o mesmo feito em uma Ford F-150 (link abaixo).

Além disso, o chassi é feito em alumínio. Ambos os processos são robotizados, conforme vídeos divulgados pela empresa em seu canal na internet, onde inclusive consta um vídeo feito pela Hitech. Num outro, divulgado pela empresa americana 2050 Motors, um exemplar do e-Go é impactado contra uma barreira fixa a 56 km/h e sua estrutura é visivelmente estável no crash test. Se for tão resistente quanto é apresentado, realmente será uma alternativa interessante e por um preço realmente competitivo. A Aoxin ainda tem um projeto de sedã elétrico feito em fibra de carbono e chamado Ibis, mas não se sabe se chegará ao Brasil.

Fonte: Notícias Automotivas

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *