Dasher. Um barco eléctrico com “alma” de BMW i3

A Hinckley fabrica barcos de luxo, a motor e à vela, desde 1928. Agora aderiu à moda dos eléctricos produzindo o Dasher, o seu primeiro barco eléctrico que é alimentado por duas baterias do BMW i3.

Hinckley produz embarcações de recreio há anos e sempre com ênfase no luxo. De barcos à vela aos animados por motor de combustão interna, os clientes procuram esta empresa americana para adquirir modelos elegantes e requintados. Mas, a partir de agora, os amantes das actividades náuticas vão poder igualmente visitar o fabricante se o objectivo for um barco a motor não poluente e amigo do ambiente.

O Dasher possui uma bitola de 28 pés (8,53 metros de comprimento) e um casco em fibra de carbono reforçado com resina epóxi, apresentando um convés num compósito muito leve pintado à mão para fazer lembrar a teca e uma série de comandos em titânio, impressos em 3D. Tudo conjugado para conferir ao primeiro barco eléctrico da Hinckley um aspecto clássico, apesar da construção muito avançada, para poupar no peso.

 Mas o elemento diferenciador do Dasher é a motorização, para o que conta com duas unidades eléctricas, com 80 cv cada. Cada um dos motores é por sua vez alimentado por uma bateria de iões de lítio com uma capacidade de 40 kWh, herdada do BMW i3, que é possível recarregar a 50 amperes, o que torna o processo mais rápido e lhe permite ir de 0 a 100% em somente 4 horas. Esta não é, aliás, a primeira vez que o i3 põe as baterias na água.

Uma vez com as baterias no máximo, o Dasher pode fazer-se à água e navegar durante 40 milhas (74 km) a uma velocidade de 10 milhas por hora (18 km/h), ou apenas durante 25 milhas (46 km) se a velocidade subir para as 20 milhas por hora (36 km/h).

Fonte: O Observador

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *